3:37 pm - terça-feira setembro 21, 4641

Genus conquista o 2º turno do Estadual

147 Viewed admin 0 respond

Genus-campeao-umaaa-copy-300x225

O Sport Club Genus de Porto Velho administrou a vantagem que fez no jogo de ida, na capital, e trouxe do interior o título do segundo turno. Jogando em Vilhena o ‘Aurigrena’, teve um jogador expulso, perdeu Fernandinho no intervalo, e ainda viu o goleiro Dida ser substituído após contusão no joelho esquerdo. Apesar das adversidades, o Genus foi valente no Portal da Amazônia, abriu o marcador com Tcharles, e obrigou o VEC a buscar o resultado que não veio. O empate do Vilhena chegou aos 48 minutos do segundo tempo, e o resultado continuava sendo bom para a capital que teve paciência para segurar o VEC, empurrado por sua torcida.

Copa Verde

O Genus conquistou o título do segundo turno, a vaga na Copa Verde, um prêmio de R$ 25mil, e o direito de decidir o título geral da competição em duas partidas, a partir do próximo sábado. O campeão geral fica com um prêmio de R$ 40 mil, e vaga na Copa do Brasil em 2016. “Quero parabenizar a minha equipe, cumpriu em campo o que treinamos”, disse Claudemir Pontin, técnico do Genus. O treinador já pensa na primeira partida da decisão, e está preocupado com a recuperação de Fernandinho substituído no intervalo, sentindo o ombro, e o goleiro Dida que sentiu o joelho esquerdo, o mesmo da cirurgia. “Os atletas já passaram pelo médico”, comentou Pontin em entrevista ao programa Panorama Esportivo, da Rádio Alvorada AM. Um diagnóstico preciso sobre a situação dos atletas será possível somente na quarta-feira.

O jogo da decisão foi equilibrado, marcado por vários cartões amarelos (oito) e um VEC desorganizado na hora de definir a jogada. Com Cabixi, Salatiel, Diego Siqueira e Edilsinho a bola não chegava, e Edson Carioca técnico do VEC, reforçou o ataque do Lobo do Cerrado promovendo as entradas de Souza e Roalasse na etapa final, e nada mudou. O Genus esteve concentrado o tempo todo, à espera da bola perfeita para o contra-ataque, o que aconteceu aos 16 minutos com Tcharles batendo cruzado da entrada da área, sem chances para o Naldo. No abafa, Cabixi aproveitou a única falha da marcação do Genus escorando de cabeça o cruzamento de Edilsinho.

Fonte: Diário da Amazônia

Home content advertisement 2
Don't miss the stories followJornal Eletrônico Correio Continental and let's be smart!
Loading...
0/5 - 0
You need login to vote.
Your comment?
Leave a Reply

Email Subscription