5:24 am - terça-feira janeiro 16, 2018

OPINIÃO DE PRIMEIRA – UMA COMUNIDADE TRABALHADORA E QUE NÃO MERECE TANTO SOFRIMENTO! – POR SÉRGIO PIRES

151 Viewed admin 0 respond

Não está sendo um final de ano nem perto do que a comunidade de Porto Velho poderia sonhar. A cidade, em algumas áreas, parece o que restou de um bombardeio. Buracos, alagações, obras inacabadas, problemas sem fim. Some-se a isso o clima geral de insegurança, a violência elevada ao penúltimo grau, com seis assassinatos e vários feridos a esmo, cidade afora. Ponha no caldeirão outra pitada de veneno: o corre-corre no shopping, em função de um roubo, o que causou mais boatos, mais medo, mais insegurança. Começa a semana do Natal, quando se pensava que as coisas iriam começar a melhorar, e nada! O temporal que começou na manhã de domingo prosseguiu, cada vez mais forte, deixando a população em polvorosa, porque várias ruas e até bairros inteiros ficaram embaixo d´água. Não há o que de pior possa acontecer (e tomara que não aconteça mesmo), nessa cidade que está precisando de uma chacoalhada positiva, depois de tantos problemas sem fim.

 

Esta comunidade trabalhadora e sofrida não merece tudo o que está vivendo. Não merece a buraqueira que tomou conta das ruas e que há muito tempo não é combatida. Não merece a violência brutal, com a chegada do crime organizado, que está matando pessoas a esmo. Não merece os idiotas, doentes sociais, psicopatas da internet, que espalham boatos terríveis, para piorar o clima de horror que vivemos. Porto Velho não merece o sofrimento de ter sido abandonada. Por isso é que se espera que esse 2013 infernal termine logo, levando consigo os dramas que a maior cidade rondoniense viveu durante todo este ano que  está perto do fim. Que venha 2014! Pode até não mudar tudo, mas pelo menos chagará, consigo, trazendo uma fresta de esperança, para quem vive nesta cidade que, certamente, deveria já estar num nível de qualidade dez vezes mais do que está.

 

 

 

ESTAMOS ABANDONADOS

 

Dias de medo e de correrias. Dias de sustos, mesmo quando não há motivos para isso. Dias de insegurança e sensação de que os criminosos estão ditando nossa agenda e decidindo nossas vidas. Pior que isso é a inércia, o lava mãos, os discursos pífios, a sensação de que quem deveria resolver o problema, brinca com nossas vidas. Não há como combater isso sem uma estrutura legal duríssima e com reação à altura da violência empregada contra nós. A má notícia é que esse pessoal que adora defender direitos humanos de bandidos, vai ficar ainda longos anos no poder. Pobres de nós!

 

CADEIA NELES!

 

Decisões judiciais não são cumpridas pelas empresas aéreas. A ordem para que elas diminuam o preço das passagens, a partir e para Porto Velho, foi solenemente ignorada. Abusadas, algumas aumentaram ainda mais os preços. Não adiantou a decisão de multiplicar por cinco o valor da multa. Enquanto um desses empresários malandros não for parar na cadeia, essa vergonha vai continuar. As empresas aéreas prestam um serviço sofrível e, nesta época do ano, querem arrancar todo o nosso dinheiro. Lamentável!

 

 

VORACIDADE FISCAL                                                                                                                                                  

 

É impressionante a voracidade da Prefeitura de Porto Velho, tentando criar leis que trazem custos absurdos aos contribuintes. Primeiro, foi o caso do estacionamento pago, em que se queria cobrar 10 reais por duas horas. Não deu certo. Depois, tentativa de  duplicar o ISS para as empresas da construção, o que poderia causar grande baque negativo no setor que mais dá emprego. Nesse caso, deu mais ou menos certo, porque os empresários pagarão 50% a mais que pagam hoje. Que fome de impostos é essa?

 

NA POLÍTICA…

 

Na política, mais alguns destaques deste 2013, que já vai tarde. Um deles, os graves problemas que envolveram a Assembleia Legislativa e as Câmaras Municipais de Porto Velho e Pimenta Bueno. Outro, a ascensão do presidente da ALE, Hermínio Coelho, que com seu palavreado duro e sem rodeios, se firmou como principal opositor ao governo. Mais um: a volta por cima de Expedito Júnior, que apareceu muito bem em todas as pesquisas para o Governo e quem, se a eleição fosse hoje, ao menos pela situação do momento, já estaria ao menos no segundo turno…

 

POUCA ATENÇÃO

 

Condenação de políticos envolvidos em casos suspeitos e desvios de recursos público praticamente não causa mais nenhuma surpresa. Nesta semana, o ex-presidente da Assembleia, Carlão de Oliveira, seu irmão Moisés e vários outros envolvidos em denúncias graves, foram condenados a prisão em regime fechado. O caso teve pouca repercussão, porque há ainda muitos recursos. Pouca gente dá atenção a essas sentenças, a menos que elas sejam definitivas.

 

 

MÃOS À OBRA…

 

O lançamento do novo hospital de Pronto Socorro de Porto Velho, o é um feito importante. Mas o é também, com muito mais intensidade, a necessidade de que a obra seja construída  no menor tempo possível. Não é fácil, claro, construir um hospital de tal porte. Mas se houver esforço concentrado, se uma empresa séria ganhar a a concorrência, é possível que em dois anos a população comece a utilizar o hospital. O que não se pode imaginar é que essa seja uma das mais de 60 obras na Capital que nunca são concluídas. Portanto, mãos à obra…

 

 

PERGUNTINHA

 

Será pedir demais ao Papai Noel um Feliz Natal a todos os leitores desta coluna e que, nesta noite de Natal, tenhamos todos um pouco de paz e só coisas boas para lembrar? 

 

Home content advertisement 2
News Feed
Don't miss the stories followJornal Eletrônico Correio Continental and let's be smart!
Loading...
0/5 - 0
You need login to vote.
Your comment?
Leave a Reply

Email Subscription